quarta-feira, 20 de agosto de 2008

(JUC) Jovens Unidos em Cristo
Pastoral da Juventude é uma organização de juventude ligada ao Setor de Juventude de CNBB (Conferência *Nacional dos Bispos do Brasil). Por isso, é comprometida em com a evangelização, em especial de jovens empobrecidos. A PJ é feita de homens e mulheres que sonham com um mundo mais justo, e desta forma dedicam sua vida à causa do Reino de Deus. Na PJ, o sonho, o canto, a poesia, a amizade estão presentes em cada momento, em cada grupo de base. Muitos jovens são integrantes ou militantes da PJ. Em cada cidade ou Estado encontra-se pelo menos um grupo, que todos os dias se fazem *1 - Somos jovens das diversas realidades regionais do país, na maioria empobrecidos e a exemplo de Jesus Cristo fazemos a opção pelos pobres e jovens. Nos encontramos em grupos para partilhar e celebrar a vida, as lutas, sofrimentos e cultivar a amizade a partir de uma formação integral e mística própria.
*2 - Somos grupos de Jovens motivados pela fé, atuando dentro das comunidades eclesiais, a serviço da organização e animação das comunidades.
*3 - Atuamos também na sociedade inseridos nos movimentos sociais, com destaque a participação político-partidária, movimentos populares e outras organizações que lutam em defesa da vida e da dignidade humana.
*4 - Nos organizamos a partir das coordenações dos grupos, paróquias, diocese e regional, ligados à Igreja do Brasil e da América Latina. Assim construímos e registramos nossa história, criando uma unidade na diversidade.
* 5 - Diante de uma política desumana da manipulação dos MCS e de uma realidade tão adversa, ousamos assumir e propor os projetos da Pastoral da Juventude do Brasil, como alternativa na construção da civilização do amor, sendo presença gratuita e
qualificada no meio da juventude, atuando também em parceria com outras organizações da sociedade.
*6 - Somos PJ organizada no Brasil, com linha definida e metodologia própria, aberta ao novo acolhimento dos anseios da juventude, garantindo o seu protagonismo, evangelizando de forma inculturada na realidade em que vivemos.
*7 - Somos jovens felizes, apaixonados, ternos e motivados pela fé. Encaramos a vida com potencial criativo muito grande, valorizando as artes (dança, poesia, música…) o lazer, o corpo, o símbolo, as culturas, com ardor, sonhos e amor pela causa do Reino.
*NOSSA ORGANIZAÇÃOA Pastoral da Juventude é uma organização Nacional, que tem ramificações dos diversos regionais da CNBB, Dioceses, Paróquias, Comunidades, e enfim, em todos os ambientes onde estão os jovens.A Coordenação Nacional da Pastoral da Juventude é a o órgão máximo da PJ. Nela estão jovens representantes dos estados (regionais) e que encaminham as decisões tomadas pela Assembléia Nacional da Pastoral da Juventude (ANPJ), que é a instância máxima da PJ, e acontece periodicamente, de que participam jovens de todo o país.
*Nos regionais, as coordenações, tratam de encaminhar as decisões tomadas na assembléias locais, sempre tendo como referência o que foi definido a nível nacional. Num regional normalmente acontecem encontros de formação (política, social, afetiva, espiritual), sempre em vista de um novo homem e de uma nova mulher.
*Nas dioceses, da mesma forma as coordenações locais, são formadas por jovens militantes que integram as coordenações paróquias, Nela o trabalho com a base se dá me maneira mais intensa. No encontros, campanhas, assembléias, concentrações, cursos e todas as outras atividades tem como destinatários e/ou protagonistas os grupos de base e/ou militantes destes grupos.
*As paróquias, por sua vez, é formada pela própria base. Nelas as coordenações são sempre formadas por representantes dos grupos de base, e todas as seus atividades necessariamente tem como protagonistas os membros dos próprios grupos.
*Nas comunidades, estão a fonte de toda a energia da PJ: os Grupos de Base. Neles é que acontece de fato a vivência diária da amizade e da utopia pelo Reino de Deus. São os grupos de base que vivem com a comunidade e com ela buscam soluções para os problemas cotidianos. Nos grupos, os jovens são protagonistas de sua própria história (assim como nos outros níveis), e cultivam os valores do novo homem e da nova mulher e que determinarão sua participação na comunidade por toda a sua vida, sempre na perspectiva de eliminar as injustiças e construir uma sociedade justa efraterna..

Um comentário:

Daniela Rodrigues disse...

Amei o blog e estou seguindo!
Segue também meu cantinho?
Vou ficar muito feliz.
Bjs pink

http://princesas-pink.blogspot.com/